10 itens que não podem faltar na avaliação sobre matemática

10 itens que não podem faltar na avaliação sobre matemática

2 minutos Entender como acontece o desenvolvimento das crianças e estar atento a mudanças, avanços e possíveis retrocessos, exige reflexão e planejamento por parte do professor. Há três questões que me afligem quando penso na avaliação na educação infantil: Como entender como a criança está descobrindo e construindo conceitos sobre o mundo? Como reconhecer experiências reveladoras e oferecer possibilidades ricas e significativas que desafiem e encoragem a criança a prosseguir em suas descobertas com segurança e iniciativa? Como comunicar tudo isso? Imagino que todo Continue lendo

10 itens que não podem faltar na avaliação sobre Linguagem oral e escrita

10 itens que não podem faltar na avaliação sobre Linguagem oral e escrita

3 minutos Falar da criança em um relatório por escrito, requer exercício ético e reflexivo. O relatório na avaliação deve ser um instrumento de promoção. Sabemos que a infância é uma etapa inaugural da vida, a criança é um ser em desenvolvimento, por isso, não há ainda, características definitivas. Tudo está em processo. Ela não É, ela ESTÁ de uma determinada maneira, em determinado momento. Por isso, nunca deve-se utilizar palavras que representem juízo de valor e desvalorização da criança e sua família. Como Continue lendo

Avaliação e relatórios: em desenvolvimento!

Avaliação e relatórios: em desenvolvimento!

3 minutos Você acha chato escrever relatórios? Calma! Vamos conversar sobre isso, ver modelos de como fazer bons relatórios e transformar esta prática pedagógica em algo mais fácil, sem perder de vista a seriedade do documento. A hora de escrever um relatório na educação infantil é o momento de organizar todas as observações, materiais e produções da criança com o objetivo de que este texto conte uma história do aluno durante determinado período na escola, mostrando para ele e sua família todos os momentos Continue lendo

Ninguém é obrigado a nada

Ninguém é obrigado a nada

1 minuto Ser professor é uma escolha. Ninguém vira professor à toa. Tem gente que sente vontade se ser. Estuda e se esforça, consegue. Dedicação! Tem aqueles que são professores por acaso. E experimentam as dores e delícias da docência. Uns, se encantam e permanecem. Outros, se vão. Que bom! Tem aqueles que são professores por engano. E, enquanto não aparece algo melhor pra fazer, vão levando, se enganando… Duro é perceber que passou uma vida inteira, se arrastando, até a aposentadoria. Só lamento! Tem gente Continue lendo

Porque eu escolhi ser Professora.

Porque eu escolhi ser Professora.

2 minutos O mundo sempre me disse que não era fácil ser professora. O reconhecimento de outrora, já não existe mais. Ataques, violência física e moral, desrespeito, falta de materialidade e condições dignas de trabalho, direitos retirados, baixa remuneração… São tantas realidades que muitas vezes cheguei a pensar me acomodar, desistir da luta, ficar quieta e me aposentar na escola. Ou quem sabe um concurso público… Fazer outra coisa, pensar em outra profissão, não! Nasci para ser professora. Assumo. Penso que a educação é Continue lendo

Quinze motivos para o professor da infância comemorar o 15 de outubro de cabeça erguida!

Quinze motivos para o professor da infância comemorar o 15 de outubro de cabeça erguida!

2 minutos Dia 15 de Outubro está chegando e nessa data celebramos o Dia do professor. Muitos professores acreditam que não há o que comemorar, devido ao momento político, a situação de diversas escolas no país, as condições precárias de trabalho que muitos de nossos colegas enfrentam, os baixos salários… Mas entendo que precisamos dar voz a tudo isso e lutar cada dia mais pela valorização e reconhecimento do trabalho docente nesse país. Especialmente aos Professores da Infância, que diariamente enfrentam realidades que desafiam todo Continue lendo

De todo dia

De todo dia

2 minutos “Todo dia ela faz tudo sempre igual, me sacode as 6 horas da manhã, me sorri um sorriso pontual e me beija a boca de hortelã”… Essa letra do Chico Buarque nos ajuda a pensar em como a rotina é marcante em nosso dia a dia e o quanto ela nos assegura na organização do trabalho, da casa, enfim… da vida. E para as crianças e professores isso não é diferente. As crianças já chegam na escola trazendo de casa a experiência Continue lendo

Os primeiros meses do resto de nossas vidas

Os primeiros meses do resto de nossas vidas

2 minutos Hoje vou confessar: já trabalhei com o Ensino Fundamental, mas admito que meu coração está nos Anos Iniciais da Educação Infantil. Como professora dessa modalidade, experimentei a docência para crianças de 0 a 6 anos. Interessante como muitas pessoas utilizam essa expressão, “0 a 6”. Eu mesma me referia assim às idades referenciais da Educação Infantil. Mas o que significa ser professor de crianças de zero ano? Zero significa que existe falta. E há muitas pessoas e educadores que pensam assim sobre Continue lendo

Basta uma pedrinha no bolso

Basta uma pedrinha no bolso

2 minutos A reflexão sobre as relações das crianças com a natureza e a escola tem me motivado a resgatar memórias docentes e recuperar práticas que passei a colocar em discussão em alguns grupos de formação de professores. Uma delas é a criação de espaços privilegiados, em sala, para observações, descobertas e aprendizagens. Sair da escola com a turma toda provoca mudanças cognitivas que são imensuráveis. As crianças buscam compreender o mundo, voltam cheias de perguntas, buscam respostas, novas interações, elaboram hipóteses e, nessas Continue lendo